Você sabe o que é Cinomose? Aprenda tudo sobre esta doença que pode afetar o seu cachorro no texto a seguir.

O que é Cinomose?

Trata-se de uma doença viral, causada pelo Paramoxyvirus e possui características altamente infectocontagiosas. Esta doença não é amplamente conhecida, no entanto, tem uma taxa de mortalidade bem alta, chegando na taxa de 85%.

Contudo, afeta principalmente canídeos, e sua forma de transmissão de mais frequente se dá pelo ar, ou então através contato com secreções da boca ou nariz de outros animais que possuem a doença.

 

Quais são os sintomas e fases?

Este vírus se caracteriza pela replicação tanto nas células sanguíneas quanto no sistema nervoso do cachorro.

Os sintomas podem ser confusos, o que pode atrapalhar o diagnóstico, e atacar por fases.

Tudo começa com pequenas pústulas no abdômen, que parecem espinhas, além das patas ficarem mais ásperas. É a conhecida fase cutânea. Mas depois ela evolui para uma fase digestiva, no qual ocorre diarreia com sangue, levando ao animal sentir fraqueza e ser acometido por febre.

A fase respiratória é a próxima, com secreções nasais, tosse com catarro e um olho seco, que começa a excretar remela.

Na sua última fase, quando a doença já está bem grave, é quando ela ataca o sistema nervoso; aí começa os sintomas de falta de coordenação, temores, convulsão, choros e uivos. Além de contrações musculares e perda de movimentos – neste momento o estado já é gravíssimo.

 

Como proteger o seu cachorro?

A única maneira de proteger o seu cachorro da Cinomose é através da vacinação, administrando nele todas as vacinas necessárias desde filhote.

Também é fundamental evitar o contato com outros cachorros que estejam infetados com vírus. E nunca levar o filhote antes que se passe 21 dias da última dose da vacina – pois isto de fato pode levar à chance do seu pet contrair não apenas Cinomose, mas outros males.

Portanto, se previna e, no caso de observar alguns dos sintomas, leve ao veterinário imediatamente.

Deixe um Comentário