O seu gato solta muitas bolas de pelo? Então acompanhe este artigo para ver por que isso acontece e se isto é normal ou não.

O que são bolas de pelo?

De vez em quando, o seu gato de fato fará uma coisa um tanto incomum. 

Ele vai acordar de uma soneca tranquila, se espreguiçar e cuspir o que pode parecer à primeira vista uma massa úmida. 

O que o animal vomitou  é um tricobezoar, um chumaço de pelos não digeridos comumente conhecido como bola de pelo.

 

Quando é normal soltar bolas de pelo – e quando é perigoso

As bolas de pelo são o subproduto desagradável de um hábito normal. 

No ato de se limpar, seu gato engole uma grande quantidade de pelo solto. 

Isso acontece porque as minúsculas projeções inclinadas para trás  que enrugam a superfície da língua impelem os pelos pela garganta e estômago. 

Infelizmente o principal componente estrutural do cabelo – uma substância protéica resistente e insolúvel chamada queratina – é indigesta. 

Enquanto a maior parte do cabelo engolido eventualmente passa pelo trato digestivo do animal e é excretado intacto nas fezes, parte dele permanece no estômago e gradualmente se acumula em uma massa úmida – a bola de pelo.

Não é incomum que um gato regurgite uma bola de pelo uma ou duas vezes a cada semana. 

Além do inconveniente para o proprietário, não há nada com que se preocupar. 

No entanto, o chumaço de cabelo emaranhado pode representar uma séria ameaça à saúde se ficar muito grande para passar pelos estreitos esfíncteres que vão do esôfago ao estômago ou do estômago ao trato intestinal. 

Outro problema é quando uma bola de pelo consegue passar para o intestino delgado e se alojar firmemente lá. 

Isso é incomum, mas é muito sério quando ocorre. Sem intervenção cirúrgica, pode ser fatal. 

Deixe um Comentário